Friday, March 18, 2016

Riviera Nayarit além do que se vê

 A ilha de mangues flutuantes possui exótica fauna e flora
Para acessar a imagem em alta resolução, clique aqui

Os viajantes que desembarcam na Riviera Nayarit deparam-se com majestosas edificações, cadeias de resorts luxuosíssimos e entretenimento de ponta. Mas em sua costa, um simples, porém precioso destino turístico, destaca-se. A ilha de Mexcaltitán.

As fotos aéreas não mentem. Com 400 metros de diâmetro de mangues flutuantes e terras rasas, a ilha forma um perfeito círculo. E apesar de seu modesto tamanho, é um dos destinos na Riviera Nayarit com a maior preservação de suas heranças históricas, que resguarda um passado místico. Foi nesta ilha, berço da cultura mexicana, que se originaram os povos astecas. Atualmente, ela é ocupada por apenas 900 habitantes.

Com ruas que se transformam em canais navegáveis entre setembro e novembro, época das chuvas, a “Veneza Mexicana” é considerada um monumento histórico desde 1986. E o turista com olhar mais atencioso terá o privilégio de visitar seu passado viajando pelas heranças culturais. É possível visitar ruínas, conhecer os ricos e coloridos trabalhos de artesanato, explorar a igreja histórica e o museu da Origem, que possui artefatos astecas antiquíssimos. Além disso, oferece opções fartas e deliciosas de frutos do mar, sendo a pesca a principal fonte de renda da população. 

A ilha está localizada a cerca de 35 quilômetros de Santiago Ixcuintla, no estado de Nayarit. Para ter acesso às suas maravilhas, basta hospedar-se na cidade de Tepic, que conta com um aeroporto internacional, ou em San Blas e utilizar um barco a partir de La Batanza para chegar a Mexcaltitán.

No comments:

Post a Comment